Rede
[NOME],
É com muita alegria que comunicamos que a nossa Operação Mi@u deu frutos além do esperado. Entre outubro e dezembro de 2010, foram castrados 46 felinos. Receberam o benefício os afilhados de 19 protetores independentes. Foram seis fêmeas e cinco machos além da meta.
 
 
Isso foi possível, pois alguns animais não necessitaram de hospitalização, já que seus dindos ou tutores se responsabilizaram pelos cuidados e visitas aos veterinários. Veja fotos de alguns do gatinhos beneficiados.
 
Gostaríamos de agradecer de uma forma muito especial aos 63 doadores da Vakinha, que possibilitaram que este milagre de Natal acontecesse.
 
PARECE POUCO MAS NÃO É
 41 gatas X 4 cios por ano X 5 filhotes em média = 820 gatinhos a menos nas ruas só no primeiro ano.
 

 

QUEM GANHOU O PRESENTE
Fêmeas esterilizadas:  Sofis, Lua, Shushi, Lindinha, Luva, Tricolor, Branca de Neve, Bombom, Docinho, Sereia, Geléia, Última, Frajola, Tigresa, Polaka, Lindinha II, Mira, Mimosa, Dudi, Marie, Branquinha, Fifi, Julinha, Lilica, Luda, Pandora, Suruck, Sofia, Vidinha, Gatinha, Juju, Hanna, Milly, Drica, Lila, Gabu, Bilu, Mimi, Julieta, Anita e Tricolor II.
 
Machos: Geada, Pirata, Alemão, Juninho e Nalo.
 
O QUE FOI A OPERAÇÃO MI@U
Atualmente, o Programa de Esterilizações do Projeto Bicho de Rua atende cerca de 20 gatos a cada 60 dias. A meta da Operação Mi@u era aumentar esse número para 35 felinos esterilizados em dois meses. Para viabilizar financeiramente a ação, foi necessário arrecadar R$ 1.500,00. Saiba mais.

POR QUE GATOS?
>> Enquanto as cadelas procriam duas vezes ao ano, as gatas podem ter até quatro crias, do qual nascem até 9 filhotes. Nós não percebemos isso, pois os felinos se escondem na maior parte do tempo e morrem em maior número, vítimas preferenciais da violência e do preconceito.
 
>> Os felinos são muito usados (e mortos) em rituais de magia. Aqueles que estão esterilizados não servem para estes fins. É uma forma de protegê-los.
 
>> As doações para a proteção, alimentação e esterilização de cães é muito maior. Precisamos incentivar a simpatia por estes animais tão especiais e mal compreendidos.
 
Abraços e um 2011 repleto de realizações
Equipe do Projeto Bicho de Rua